Sucesso? Sim! Mas, sabem que é português?

24 Maio, 2012 — Deixa um comentário

A Imperial foi fundada em 1932.

Desde o início da sua actividade que a Imperial desenvolveu marcas que, actualmente, são referência de inovação no mercado – as Bom-Bokas, lançadas em 1978, as Pintarolas em 1980, as Fantasias de chocolate em 1981, até ao lançamento de Pantagruel e Jubileu em 1982, para a comemoração do seu 50.º aniversário.

A Imperial posiciona-se como o maior fabricante nacional de chocolates e detentor das principais marcas portuguesas do sector como Jubileu, Regina, Pintarolas, Pantagruel, Fantasias e Allegro.

A empresa tem vindo a desenvolver e a consolidar a sua posição internacional, pela introdução e comercialização das suas marcas em diferentes mercados, estando presente em mais de 30 países, distribuídos pelos continentes Europeu, Africano, Americano e Asiático.

As exportações da Imperial subiram 50% nos últimos três anos. No mercado nacional, a fabricante do chocolate Regina cresceu 14%, disse Manuela Tavares de Sousa, presidente executiva da empresa, ao Diário Económico.

Mas… saberão lá fora que estas delicias são portuguesas? Serão os valores das exportações suficientes para assegurar mercados lá fora? Porque é que as marcas portuguesas continuam a ser uma incógnita, perfeitas desconhecidas apesar dos números nos dizerem outra coisa?

Não há comentários

Sê o primeiros a começar uma conversa

Deixe uma resposta

Text formatting is available via select HTML.

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

*