O “cú” do pão!

20 Junho, 2013 — 1 Comment

Portugalize.Me_Pao portugues

Se há coisa que sabemos fazer bem é pão. São tantas as variedades, os nomes e as misturas. De perder de vista! Adoro comer pão, mesmo sem conduto, assim, sem nada, pão com pão.

Gosto de degustar pão e a minha parte favorita é o chamado “cú” do mesmo (pelo menos assim dizemos para os lados da Beira Alta). Não gosto de um “cú” qualquer, tem de estar mal cozido e bastante fresco, acabado de fazer.

Lembro-me de quando era pequena e comer um pão centeio cozido em forno de lenha do qual ainda hoje lhe consigo resgatar o sabor e a textura. Que pão maravilhoso! Que saudades!

Lembro-me também dos meus rituais matinais diários, de ir comprar o pão fresco para o pequeno almoço à Dona Mariana. Moletes também conhecidos por papo secos. O troco era sempre dado em pastilhas gorila porque a dona Mariana nunca tinha moedas para dar (a minha mãe é que não achava lá muita piada a isso).

Pensando bem, sempre gostei de pão e sempre houve um ou outro momento que me ajudou a vincar na memória tão elementar alimento, fiquei ainda mais ligada a ele. Segundo consta, o meu avô paterno tinha uma padaria. As minhas raízes sabem a pão!

Pão com pão ou “cú” de pão, faz de mim uma mulher feliz.

E a si?

(Texto e imagem: Raquel Félix/ Portugalize.Me)

One response para O “cú” do pão!

  1. Francisco Duarte da Silva 21 Junho, 2013 at 3:35 pm

    Muito bom! Parabéns
    Fez-me voltar aos bons anos da minha infância.
    Continue, sou um leitor assíduo

Deixe uma resposta

Text formatting is available via select HTML.

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

*