Portugal cola-se…

6 Novembro, 2013 — Deixa um comentário

Portugalize.Me_PTSticker

Temos assistido, nos últimos tempos, a um boom de referências a Portugal. O país mostra-se mais, fala-se mais e o tamanho do mundo já não assusta tanto. Entidades e revistas de renome dizem de nós o que nunca julgávamos ouvir.

Sinto que existe em nós, portugueses, um lado de timidez acanhada com alguma dificuldade em receber elogios, em sabermo-nos entre os melhores. Ao que parece, sempre nos foi um “lugar” difícil de suportar.

Mas estes “lugares” mudam e, “lugares” há que nos começam a ser mais confortáveis. Estamos mais “à vontade” em relação às várias maneiras de falar e mostrar Portugal e, desta forma, mais receptivos ao impacto das mesmas.

Estamos a perder a vergonha de nós, das nossas raízes, dos nossos hábitos, da nossa cultura. Coisas que levam o seu tempo, mas que surgem e depois instalam-se.

Projectos como o PTsticker, levam “à letra” esta mudança de paradigma. A paixão de dois designers portugueses pelo seu próprio país, levou-os a criarem autocolantes representativos de símbolos, produtos e monumentos de Portugal. Desta forma, Portugal leva-se e mostra-se mais facilmente, onde se quiser.

O mote deles é um convite à desinibição: “Cola-te a Portugal“… uma espécie de apelo que deseja romper com um certo estado de vergonha instalado e com o imaginário de um português calado e que vive da sombra de si.

Portugal cola-se, mostra-se, fala-se. Podemos fazê-lo pois temos realmente “matéria” e “substância” para tal.

Cola-te a Portugal.

(Texto: Raquel Félix/ Portugalize.Me)

Não há comentários

Sê o primeiros a começar uma conversa

Deixe uma resposta

Text formatting is available via select HTML.

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

*