Bichos Marceneiros

3 Dezembro, 2013 — Deixa um comentário

26ac73_f6d8ca9069257b9e87a5b7239eb2d0da.jpg_srz_1154_620_75_22_0.50_1.20_0.00_jpg_srz

Se há bichos da madeira que a comem e fazem dela o seu alimento, outros há que a transformam e fazem dela o seu alento.

Os Bichos da Madeira são pessoas, um António marceneiro e uma Natércia publicitária que partilham a mesma paixão. Quis o destino uni-los desta forma, lá para os lados de Sintra. Natércia Paulista deixou o seu Brasil e abraçou a pequena Vila com “aquele abraço”, por ali foi ficando, por ali ficou, ao lado do seu António, marceneiro de coração cheio.

Tornaram-se “bichos carpinteiros”. Moldam a madeira de mil e uma maneiras fazendo nascer gatos, andorinhas, galinhas, alces, bigodes, corações, folhas, coroas, árvores, cães, palavras, frases… em madeira escrevem: “aqui somos felizes”, e não precisam de cravar frases nos troncos das árvores como se fazia na adolescências de outros tempos. A “tinta” é outra, a navalha que crava foi substituída pela madeira que dá forma.

Estes Bichos da Madeira fazem dela a sua casa, o seu lar doce lar, a sua inspiração.

Madeira é para criar, respeitar, não é para “comer”.

(Texto: Raquel Félix/ Portugalize.Me)

Não há comentários

Sê o primeiros a começar uma conversa

Deixe uma resposta

Text formatting is available via select HTML.

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

*