Quem disse que os naprons estão fora de moda?

24 Janeiro, 2014 — Deixa um comentário

Portugalize.Me_Entre Laçadas

Os naprons estão de volta mas, não uns naprons quaisquer! Aqui a dimensão conta e é esta a graça da coisa porque amplia-lhes as funcionalidades.

Se na nossa vulgar concepção os naprons servem para embelezar uma mesa, uma cómoda e colocar sobre os mesmos bibelots de porcelana ou de pechisbeque, na Entre Laçadas os naprons ganham um novo lugar (o design não se cinge apenas ao trabalho do aspecto externo dos objectos mas também às suas funcionalidades, explorando-as e transformando-as).

Nos dias de hoje usar um napron pode significar três coisas: típico, foleiro ou kitsch. Se for na casa da avó é típico, se for em casa dos pais é foleiro e se for na nossa própria casa é kitsch. Coisas da vida!

E porque não retirar os naprons de chochet destes lugares comuns? Resgatar um trabalho antigo, de tradição, paciência e perícia reinventando-o sem lhe roubar sentido, alma. Porque não?

Não ficamos indiferentes aos curiosos e surpreendentes trabalhos da Entre Laçadas, à maneira como conseguiram conjugar passado e presente de forma a se poder criar um futuro mais estável e duradouro para esta arte, para o feito à mão, para muitos artesãos.

E assim se vão mantendo as tradições das nossas avós.

Portugalize.Me-Entre Laçadas 2

(Texto: Raquel Félix/ Portugalize.Me/ Imagens: Entre Laçadas)

Não há comentários

Sê o primeiros a começar uma conversa

Deixe uma resposta

Text formatting is available via select HTML.

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

*