Exportação é bom é bom é

12 Abril, 2014 — Deixa um comentário

Coelho radioactivo_Portugalize.em

Desta feita, vou escrever um post que roça um pouco a promoção. Mas como é de um evento que serve também para promover a música portuguesa acho que sou absolvida de qualquer pecado.

Há um novo festival de música portuguesa no Porto. O Jameson Beatzmarket, que como todos precisa de um naming sponsor infelizmente, invade o Armazém de Chá entre 18 e 20 de Abril com três palcos (Jameson, Clubbing e Loft), área lounge e espaço editoras.

É este espaço editoras que me chamou a atenção. Dei um salto ao site. São só editoras independentes: Biruta, Chifre, Honey Sound e Murmurio Records. Ao lado, aparece a extensa lista de patrocinadores com a Jameson à cabeça, claro. O mais engraçado? São quase todos de empresas ligados a bebidas ou ao turismo de alojamento. Há aqui um padrão, uma ideia que tem sido explorada por outros festivais, entre eles o Optimus Alive e o Rock In Rio por exemplo, que é o do turismo musical. Já se faz muito para os grandes festivais da Europa. Eventos com os quais os nossos concorrem frente e frente no que toca aos cartazes, com a vantagem dos nossos serem muito mais baratos e o nosso país ter sol para dar e vender (pelo menos comparado com os Reinos Unidos e Alemanhas da vida).

O Beatzmarket informa também que quer trazer a Lisboa representantes dos media internacionais e até dá uma lista: Kevin Eg Perry [NME, GQ, The Guardian e Vice] e Mark Beaumont [NME, The Guardian, The Times, The Mail On Sunday, Uncut, Melody Maker, Loaded e The Modern Review]). Aqueles festivais que falo lá em cima também já chamam a cobertura de jornalistas internacionais, eu vejo-os lá. Alguns interessados no que se passa no palco, outros mais preocupados com a bica de cerveja que está sempre a pingar gratuitamente nos dias de festival. A grande diferença com este Beatzmarket, é que os promotores dos grandes festivais estão mais interessados em fazer grandes celebrações dos cabeças-de-cartaz internacionais (que são os mesmos que fazem o circuito de festivais europeus no Verão), do que os nomes nacionais por lá passam, que é de facto o que os diferencia de todos os outros. Ora, o Beatzmarket é precisamente dedicado a mostrar a música portuguesa aos estrangeiros.

E a que música? Quele Dead Gazelle, JUBA, The Weatherman, GHETTHOVEN, Lululemon, Sturqen, O Manipulador, Little Friend e The Lazy Faithful são as primeiras confirmações. Vamos estar atentos a estes meios daqui a umas semanas para ver se o Beatzmarket furou a pedra.

O Manipulador_Portugalize.Me

(Texto: Rita Tristany Barregão para o Portugalize.Me/ Imagens: Jameson Beatzmarket)

Não há comentários

Sê o primeiros a começar uma conversa

Deixe uma resposta

Text formatting is available via select HTML.

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

*