De volta aos Mercados!

20 Outubro, 2014 — Deixa um comentário

Raquel Félix_Portugalize.Me_Mercados1

No dia 21 de Março de 2013, Samuel Alemão escrevia no jornal online “O Corvo” o seguinte sobre o Mercado 31 de Janeiro: “A apreensão é grande entre os vendedores do espaço comercial de Picoas. O fecho do mercado e a venda do edifício à Portugal Telecom (PT), para o anexar à sua sede, são dados como certos. E até se fala na verba que a autarquia terá recebido da PT: nove milhões de euros. Mas todos se queixam de a Câmara Municipal de Lisboa nada lhes dizer.”

Raquel Félix_Portugalize.me_Mercados

No dia 20 de Outubro de 2014, escrevo: o Mercado 31 de Janeiro vai bem, está saudável e a ganhar nova vida. Foi pintado de fresco, ganhou um espaço infantil para que os pais possam tranquilamente comprar as verduras, as frutas, os peixes, as carnes, as flores. Mas ali não há só peixe e coisas da horta. Até uma Loja Vintage abriu por lá e um café com comida vegetariana! Olhem, quanto à outra, a dita PT, nem por isso, aquilo vai mal, mal, mal… dizem que vai ser vendida ao desbarato, que desvalorizou 70%. As voltas que a vida dá!

Raquel Félix_Portugalize.Me_Mercados2

A Junta de Freguesia de Arroios tem feito maravilhas ao Mercado, tem feito de tudo para reabilitar e trazer sangue novo a um espaço característico daquela zona (Picoas, Lisboa). Um lugar onde os frescos são reis, onde se espalham conversas fiadas, onde se cultivam amizades de fim de semana e fregueses costumeiros acorrem à boa comida desta boa gente. É também um lugar de aprendizagens, de cursos de culinária gratuitos e de promoção do mar português (Cozinhar com cavala, o melhor do nosso mar). Que bons ares aqueles!

Raquel Félix_Portugalize.Me_Mercados3

E sim, os novos também lá vão, de todos os géneros e feitios! Hipsters e rockabillies misturam-se com as flores da Alice e o cheiro a peixe fresco do Peixe à Porta (a vender peixe no Mercado 31 de Janeiro há aproximadamente 50 anos, actividade iniciada pelos bisavôs). Há de tudo caro freguês! Há de tudo! E é um regalinho, é de encher o olho e depois a barriga!

Os Mercados de Lisboa estão de boa saúde e estão para ficar!

(Texto e Imagens: Raquel Félix – Portugalize.Me)

Não há comentários

Sê o primeiros a começar uma conversa

Deixe uma resposta

Text formatting is available via select HTML.

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

*