Despeço-me com amizade, até ao próximo programa

1 Dezembro, 2014 — Deixa um comentário

Lord Mantraste Eng. Sousa Veloso

Foram mais de 30 anos no ar, a dar a cara por um país de ruralismos e de novos urbanismos. A primeira despedida deu-se a 6 de Dezembro de 1960, quando o TV Rural fazia a sua primeira emissão. A última, foi a 15 de Setembro de 1990, fim do mítico programa, o mais duradouro da história da televisão portuguesa (sem interrupções).

A música do folclore português “A Tirana”, era inconfundível, mote para os cerca de 30 minutos seguintes de palestra do Eng. Sousa Veloso. Falava sobre o que a terra dava e sobre quem nela trabalhava na tentativa de mostrar a riqueza deste labor. Eu procurava que, o meio rural, as pessoas que nele viviam, que nele incansavelmente trabalhavam, fossem respeitadas.”

Trabalhar o campo era coisa menor, tarefa árdua e desvalorizada. Fazia-lhe digna justiça o Eng. Sousa Veloso… e falava de tudo, das novas técnicas agrícolas, das associações, dos adubos, do que se passava noutras paragens (lá no estrangeiro). O Eng. sempre soube da importância da agricultura, sempre a defendeu como pôde.

A agricultura dos dias de hoje tem novo fôlego, já não é coisa de parolo ou de gente pobre e analfabeta, tantas vezes categorizada assim no passado. Portugal tem vindo a reanimar aos poucos a arte de trabalhar a terra. Nas grandes urbes as hortas comunitárias aproximam as pessoas desta lide, da sua riqueza, da sua importância. E ele é ervas aromáticas premiadas, ele é o 4º. maior exportador de tomate do mundo, ele é cada vez mais gente a regressar às terras de cultivo. A cidade começa a cansar e os jovens agricultores procuram cada vez mais um salutar escritório ao ar livre.

Recupero a memória das manhãs de Domingo, preenchidas com a sonoridade desta voz quente que enchia a casa, e que fez parte, tão carinhosamente, da nossa “playlist” televisiva durante uns largos anos.

Eu julgo que não fui completamente inútil.”… de maneira alguma caro José Sousa Veloso… o Eng. ficará certamente bem guardado na memória colectiva de uma vasta geração de Portugueses.

(Texto: Raquel Félix – Portugalize.Me/ Ilustração: Lord Mantraste)

Não há comentários

Sê o primeiros a começar uma conversa

Deixe uma resposta

Text formatting is available via select HTML.

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

*