De Priscos para o mundo… o Abade mais conhecido de Portugal

18 Dezembro, 2014 — Deixa um comentário

10857829_10152854207141212_3415283054251872188_n

Conheci o abade há relativamente pouco tempo. Costumo dizer que sou mais de salgados do que de doces, daí o encontro ter sido recente, mas divinal! Olhamos para o abade com uma certa cautela, porque o seu lado divino lembra-nos a gula, pecado colossal da boa mesa portuguesa, mas que qualquer Santo perdoa. Também foi desta forma que, com muita cautela, provei o pudim de Priscos.

Receosa que a primeira colherada me trouxesse arrepios e caras feias provocados pelo excesso de doce, Priscos surpreendeu-me! E foi a partir desse momento que passei a introduzir um “quê” de doce no meu lado mais salgado. Abade de Priscos conquistou-me.

Podemos dizer que o pudim Abade de Priscos, famoso entre os portugueses, tem uma textura genuína. O pudim não é somente o seu sabor, o seu aspecto porque a sua delicada textura dá-lhe uma particularidade única que deve ser preservada e que faz dele o pudim que é.

A pensar na preservação das qualidades do pudim Abade de Priscos, a Doçaria Cruz de Pedra, fundada em 1922 pelo Mestre Pasteleiro António Xavier Martins, criou uma inovadora embalagem de cortiça que permite ao Abade viajar mundo fora.

A Doçaria da Cruz de Pedra, com residência na cidade de Braga, tem uma história de saberes que atravessam já quatro gerações da mesma família e que lhe têm valido, há três anos consecutivos, o reconhecimento da Confraria Gastronómica do Abade (instituição responsável pelo concurso nacional deste pudim).

A nova embalagem de transporte (térmica em aglomerado de cortiça reciclada, 100% ecológica) faz lembrar os tradicionais “tarros” alentejanos (também eles muito amigos do doce e do salgadinho). É de salientar que todas as embalagens são etiquetadas com a descrição do produto em braille.

De Priscos para o mundo, assim anda o Abade mais conhecido de Portugal.

936721_467350256686563_1154576088_n

(Texto: Raquel Félix – Portugalize.Me/ Imagens: Doçaria Cruz de Pedra)

Não há comentários

Sê o primeiros a começar uma conversa

Deixe uma resposta

Text formatting is available via select HTML.

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

*