E assim, levei o meu país comigo até Berlim

6 Janeiro, 2015 — Deixa um comentário

10547396_710568395645414_390523924244718787_o

Foi fácil escolher o que levar. Os gostos eram conhecidos e tinha tudo ali à mão de semear, no familiar mercado abastecedor Fátima & Filhas, LDA (aka supermercado dos meus pais).

Uns cremes Alantoíne da Benamôr, uns sabonetes de Alcatrão e de Leite de Burra da Confiança, um livro sobre o nobre porco e seus enchidos, os enchidos em si e uma garrafa do tão aclamado Licor Beirão.

Aproveitei uma caixa vazia da Umamibox, dada por uma muito cara amiga e encaixei enchidos, Licor, cremes e sabonetes. Fechei-a com uma fita adesiva de cor cinzenta para dar um pouco de estilo e enfiei tudo na mala rumo a Berlim para uma passagem de ano internacional.

Levei saudade?

Não. Levei o reconhecimento e o apreço por alguns produtos feitos em Portugal. Levei pedidos e vontades de duas amigas holandesas que adoram as relíquias e os pormenores artesanais do meu pequeno país. O creme e o Licor foram pedidos, o livro também… as coisas que elas descobrem!

De forma simples, num encontro marcado em Berlim, entre Portugal e Holanda, levei o meu país comigo.

tecnicos_confianca

(Texto: Raquel Félix – Portugalize.Me)

Não há comentários

Sê o primeiros a começar uma conversa

Deixe uma resposta

Text formatting is available via select HTML.

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

*