Há portugueses por todo o lado

9 Janeiro, 2015 — Deixa um comentário

RB_Dream_Connectome_0976

Anda nas bocas do mundo de cá e de lá a presença de três portugueses na lista da Forbes, para os Jovens (com menos de 30 anos) com mais sucesso em diversas áreas. São eles: o óbvio Cristiano Ronaldo, na categoria Desporto, a investigadora Maria Pereira, que inventou um adesivo que vai salvar (o coração) e a vida de muitos bebés e aparece na lista dedicada ao Healthcare, e o Alexandro Farto, aka Vhils, na categoria de Art and Style.

É óptimo não só serem três nomes, provenientes de um país que é mais pequeno do que a Florida, mas também pela diversidade das áreas onde se destacam. Destaque que, dado a idade, está para durar.

Na mesma semana, tivemos o bailarino Marcelino Sambé a ser considerado pelo britânico The Independent, como uma das dez personalidades das artes mais promissoras para o ano que acaba de começar. Sambé já está há alguns anos na Velha Albion e é neste momento o primeiro bailarino do importante Royal Ballet.

E estava eu a consultar a lista dos 100 filmes mais esperados deste ano para o site sobre cinema The Playlist (que não é de referência absoluta como um Hollywood Reporter, mas que é muito bem feito por pessoas que realmente percebem daquilo), quando aparece em  32º o “As 1001 Noites” do Miguel Gomes, que é o nosso cineasta com mais destaque dos últimos tempos, até porque assina o “Meu Querido Mês de Agosto” e o “Tabu”, objectos quase alienígenas numa cinematografia de egos e teatro filmado.

No artigo, os ‘playlisters’ chamam “Tabu” de ‘breathtaker’ que é daquelas expressões difíceis de traduzir sem que perca parte do sentido. As últimas notícias dão conta de material que ronda as 7 horas de filme. Esperemos que Gomes corte a coisa para um chamado theatrical release mais equilibrado.

ng1393978_435x200_0

(Texto: Rita Tristany Barregão para o Portugalize.Me)

Não há comentários

Sê o primeiros a começar uma conversa

Deixe uma resposta

Text formatting is available via select HTML.

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

*