Diz que é um verão de outono à portuguesa

2 Outubro, 2016 — Deixa um comentário

1portugalizeme

Dizem os entendidos na matéria, que este foi o verão mais quente desde que há registos de temperatura… porque nem sempre a medimos, nem sempre vivemos “under the spell of analytics“.

Sabiam lá os nossos tetras e bisas destas coisas. Tomavam o clima pelo simples olhar o céu, pelas formas das nuvens, a direcção do soprar dos ventos, pelo agitar das ondas e das diferentes marés.

2portugalizeme

Facto é que o mundo está mais quente, apesar de acharmos que isto é cenário exclusivo do nosso Portugal, de Lisboa, da Caparica, da Costa Alentejana ou dos Algarves e que o “C’est le nord!” não tem direito a estas regalias do tempo.

Desenganem-se. Até os nórdicos têm direito a doses radioactivas de calor extremo, a ondas que deformam a visão de tal forma que, quando este bate no asfalto lhes causa miragens e pensam que estão no Algarve numa sunset party!

3portugalizeme

É outono e ainda vamos a banhos. A época balnear prolongou-se por mais umas semana. Está calor suficiente. Podemos cheirar a protector por mais uns dias, expor a pele a mais uns ultravioletas e achar que está tudo bem. O que interessa é ter solinho com a devida farturinha. Certo!?

Como será o calor para o ano que vem? E o inverno? Teremos verão de inverno à portuguesa? E diremos nós: “Mas que abençoado solinho este!”

4portugalizeme


Fotografias e texto – Raquel Félix // Portugalize.me

Não há comentários

Sê o primeiros a começar uma conversa

Deixe uma resposta

Text formatting is available via select HTML.

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

*